Compartilhe!

O Salame de Nimb foi a primeira manifestação conhecida do evento nomeado como a Ceia de Nimb e, talvez por isso, os termos muitas vezes se confundem. Até onde se tem conhecimento, apenas os mais dedicados devotos do Deus Louco, aqueles que abraçam o Caos em sua mais total aleatoriedade e falta de sentido são capazes de produzir este efeito.
O que ocorre, portanto, é que tais devotos tornam-se capazes de, em diversas situações, obter toda a sorte de alimentos dos mais inexperados locais. Seja dos bolsos de seus casacos, de dentro das meias de um mendigo ou do fundo de um boeiro, aqueles que ganham este presente de Nimb conjuram alguma qualidade de comida.
Esta iguaria, quando de posse do devoto, pode ser utilizada como arma litúrgica, além de, quando ingerida, acarreta em efeitos aleatórios. Desde curar ou causar dano em quem ousar provar de tal alimento até mesmo alterar a sorte do indivíduo, não há como saber o que irá ocorrer.
Pouco se sabe sobre a Ceia de Nimb, mas a unica certeza é que aqueles presenteados com tal dádiva, acabam por ter suas vidas fortemente marcadas pelo toque do Deus do Caos e, talvez por isso, possam encarar essa nova habilidade como uma ferramente útil… Ou não.

Ceia de Nimb (Poder Concedido)

“Hoje irei jantei velas a luz de frangos…”

Pré-Requisito: Devoto de Nimb, Nível de Personagem 5.

Benefício: Em um momento de grande necessidade, ou em qualquer outro, o devoto faz um teste de Intuição CD 20 como ação livre. Se for bem-sucedido ele encontrará um alimento pertencente à Ceia de Nimb. Este tem suas estatísticas, quando usado como arma, de acordo com sua aparência e formato. No entanto, independente do que seja, ele revela seu maior poder ao gastar uma ação completa para ingerí-lo!

O item da Ceia (comida em geral) pode ser usado com arma improvisada, porém o devoto de Nimb que o empunhar ignora quaisquer penalidades por utilizá-lo. Além disso, ele é considerado uma Arma Litúrgica de Nimb (nas mãos de um devoto, ela é uma arma Anárquica +2; a partir do nível de personagem 11, ela se torna uma arma Anárquica +5).

Os alimentos da Ceia de Nimb, entretanto, revelam seu maior poder ao serem consumidos. Ao ingerir uma parte da Ceia de Nimb, o usuário realiza um teste (1d10) de acordo com a tabela ou recebe um efeito à escolha do mestre.

1 – Ganha 2d6 de PV e 1/2 arredondado para baixo disso em PM.
2 – Perde 2d6 de PV 1/2 arredondado para baixo disso em PM.
3 – Recebe +2 em todos os atributos.
4 – Perde -2 em todos os atributos.
5 – Bônus de +2 de ataque e +2 de dano.
6 – Penalidade de -2 de ataque e -2 de dano.
7 – Próxima rolada considera 20 natural.
8 – Próxima rolada considera 1 natural.
9 – Rola novamente.
10 – Rola novamente e aplica o efeito para todos em um raio de 3m, exceto você.

Os efeitos duram 1 hora e só funciona 1 vez por criatura que ingerir daquele mesmo alimento. Além dos efeitos serem cumulativos, eles não contém descritores ou glúten e, portanto, não podem ser negados por nenhum método.

Quanto à quantidade de personagens que podem ingerir um mesmo alimento, trate-os de acordo com o tipo de iguaria.

Bibiano
A narrativa constrói a realidade.

Deixe uma resposta